Destino: Ilhas Tijucas

September 19, 2012

 

Após a remada de Sábado até o Arpoador, com toda a Galera do Carioca Va’a Clube e convidados, surgiu uma disposição de partirmos para uma “expedição” ao Arquipélago das Tijucas no Domingo, 17/06/2012, saindo do canal da Joatinga, na Barra.

 

A ideia rapidamente tomou forma e ganhou força durante a confraternização no Bar Urca, e ao longo do dia ficou claro que era mais do que “papo de bar”. Às 7h estávamos na Praia Vermelha para colocar as canoas Bahari, Pumau, Nascente e Lokahi nos racks dos carros e seguir rumo à Barra, onde chegamos pouco depois das 8, descarregando nosso aparato marítimo-polinésio.

 

 

O dia estava um pouco nublado, mas não a ponto de prejudicar o visual. Foi até bom para não sofrermos com sol forte. Munidos de água, barrinhas, carbogel, colete, máquina à prova d’água, protetor solar, bananas (apesar da tradicional superstição que não recomenda carregá-las a bordo da canoa…) e, sobretudo, muita alegria, colocamos nossas canoas na água do canal e iniciamos a remada em direção à Ilha Pontuda, a mais alta do arquipélago, que fica bem em frente ao canal da Joatinga.

 

O mar não estava flat, mas suficientemente tranquilo para remarmos sem preocupação, curtindo o visual. Demos a volta na Ilha Pontuda, onde passamos por um remador de StandUp e alguns poucos mergulhadores.

Igor e Edgar contornando a Ilha Pontuda

 

 

 

No contorno já próximo à Ilha Alfavaca, fomos presenteados pela visita de um grupo de Golfinhos!!!!! Esta ilha possui uma gruta semi-submersa, no meio da pedra, e também uma fenda que possibilita a passagem, embora não tenhamos nos aventurado, pois havia corrente e a largura em alguns trechos aparenta ser inferior a 2m.

gruta na ilha Alfavaca

 

Ao som das gaivotas e do mar batendo nas pedras, mergulhamos bastante. Até tentamos amarrar as canoas, mas não rolou, de modo que não conseguimos tirar fotos todos juntos, e nem desembarcar, subir nas pedras e fazer dessa remadinha uma verdadeira expedição.

 

 

Por fim, partimos para a Ilha do Meio, um pouco menor que as outras e mais próxima a São Conrado. Tem esse nome justamente por estar localizada entre as outras Ilhas e o arquipélago das Cagarras. De lá, seguimos em linha reta até a Praia da Joatinga, onde ensaiamos até uma surfada na marola, com direito a muitas virads (‘huli’). Beirando o costão, fomos nos aproximando do final de nossa travessia, uma pequena aventura inspirada pelos tradicionais percursos entre ilhas que marcam a tradição polinésia.

 

 

A sensação de chegar ao canal foi um pouco como atingir a linha de chegada de uma competição, embora a proposta fosse de puro lazer e contato com a natureza. No desembarque, o cheio de peixe frito nos convidava a ficar à tarde inteira, mas os compromissos dominicais deixaram essa etapa gastronômica para uma próxima vez. Chegamos inteiros, felizes com a remada, na certeza de que, com treinos regulares, podemos ir testando nossos limites e iniciar uma próxima remada a partir da Praia Vermelha, na Urca, seja em canoas individuais ou em uma OC6.

 

Mahalo nui loa a todos! 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Lygia Câmara, 78 anos, remadora de va'a

October 20, 2015

1/1
Please reload

Posts Recentes

February 14, 2014

September 19, 2012

September 19, 2012

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google+ Basic Square

Trabalho em Equipe

“KOMO MAI KAU MAPUNA HOE”

(coloque sua pá na água e junte-se ao esforço!)

O trabalho em equipe, desde os tempos antigos, é uma das características mais fortes do va’a. Na preparação das embarcações e no dia a dia dos núcleos de va’a, as tarefas podem ser distribuídas ou os remadores podem tomar a iniciativa. As características e habilidades de cada indivíduo para o grupo têm o mesmo valor: os mais jovens e fortes fazem o trabalho mais pesado, o ancião oferece incentivo e conselhos, outros limpam e preparam as amarras, abastecem a canoa com água e comida.

© 2016 por Carioca Va'a Clube | Canoa Polinésia | Urca | RJ

  • Facebook - Black Circle
  • Black Instagram Icon
  • YouTube - Black Circle
  • Google+ - Black Circle